Luriam, a filha que Lula quis abortar

Há 21 anos o Brasil assistiu ao bombástico depoimento de Miriam Cordeiro, ex-namorada do presidente Lula, à época candidato. O episódio foi passado no horário eleitoral gratuito do então candidato Fernando Collor de Melo. No depoimento Miriam fala abertamente que não apoiaria Lula, Jamais. Os motivos: Quando grávida da filha Luriam, na década de 70, recebera de Lula dinheiro para abortar a gravidez.

No vídeo, Miriam Cordeiro abre o jogo e critica, inclusive, católicos que na época promoviam a campanha do ex-metalúrgico. Vale ressaltar que a teologia da libertação era forte no período e alguns clérigos, desviando-se do ensinamento da igreja, empreenderam uma política partidária. Ainda no mesmo vídeo Miriam declarou que Lula era racista.

LULA, NÃO CONSEGUIU MATAR A PRÓPRIA FILHA, AGORA TENTA MATAR OS FILHOS ALHEIOS COM A DESCRIMINALIZAÇÃO DO ABORTO NO BRASIL!!!